ZUMBÁ
Vista como a mais velha das divindades femininas, sendo reverenciada como KUKU UA MUHATU (AVÓ), o que é denotado no temperamento as vezes meio rabugento de suas filhas, embora, a grandeza do coração, humildade e responsabilidade, sejam inimitáveis.
Suas filhas às vezes apresentam um ar um tanto mórbido, que disfarça sua vitalidade e força interior, que mascarando uma certa lentidão, não deixa transparecer o alto domínio na execução de suas tarefas, que são realizadas com muito esmero.
Seus cultos se direcionam para lagos e lagoas de águas salobras e para suas respectivas flora e fauna.
Guardam os segredos da longevidade e das transformações de um modo geral.
Divindade que é comparada erroneamente por muitos, com o Orisá Nanã dos povos Nagô Yorubá.
Essa Divindade tem grande atuação na defesa imunológica do corpo humano.
 
Uma de suas saudações: KIUÁ NENGUA IXI ONOKÁ DIZANGA, ZUMBÁ! (Salve velha senhora da terra molhada das lagoas, Zumbá!)
 

Comentários

Data
De
Assunto

zumbá

Quarta feita passada eu fumei maconha. E quando eu tava muito doido me veio na cabeça esse nome estranho que eu nunca tinha ouvido falar Zumbá. Na verdade eu tava pensando que Zumbá era um demônio africano.. Que queria me pega, bom sobre Zumbá ser da áfrica eu estava certo, ela só não é um demônio... Li o texto a cima e gostei da história de zumbá. Que veio me visitar quando eu tava muito doido de maconha.. Rsrs.
É isso aí viva o poder da maconha.. Rsrs espero que vocês gostem do meu relato...

Pesquisar no site

© 2010 Todos os direitos reservados.