Bate Folha Salvador-BA

 

Tata Ampumandezu

Manoel Bernardino da Paixão, nasceu em Salvador-BA no ano de 1881.
No ano de 1900, Manoel Bernardino foi iniciado para sua Divindade (Lemba), na nação Kongo, pelo Nganga (sacerdote) Manoel Nkosi, escravo liberto de origem Congolês (Kongo).

 

Inzo Bate Folha em 1916

 

 

 

Primeiros filhos iniciados no Bate Folha-BA, em 1929.São sete azenza, os que fazem uso do kelê

 

Bernadino recebeu então a dijina de Ampumandezu. Após a morte de Manoel Nkosi, Bernardino transferiu-se para inzo de sua amiga inseparável Maria Genoveva do Bonfim – Mam’etu Tuhenda Nzambi, mais conhecida como Maria Nenem, que foi nomeada pelo povo baiano, como a “mãe do Angola na Bahia”.

Maria Nenem era filha de santo de Roberto Barros Reis, escravo angolano de propriedade da família Barros Reis, que lhe emprestou o nome pelo qual era conhecido.

 

Entrada da Inzo Bate Folha – Mansu Bandukenke

Foi Mam’etu Tuhenda Nzambi, quem tirou a Maku-ia-Nvumbi (mão do morto) de Tata Ampumandezu em 13 de julho de 1910 e deu sequência em suas obrigações. Com isso, estava estabelecida a raiz Kongo Ngola no Brasil, pois o Tata Ampumandezu, havia recebido fundamentos das duas nações, Kongo e Ngola, que pertencem ao grande conjunto das regiões da África Bantu.

Com o passar do tempo, Bernardino já muito famoso, fundou o Candomblé Bate-Folha-MANSU BANDUKENKE em 1916, situado na Mata Escura, Salvador-BA.

 

Parte interna da Inzo Bate Folha - Mansu Bandukenke

O terreno onde está estabelecido o Candomblé, possui uma área de 15 hectares, é cercado de árvores centenárias e considerado o maior terreiro do Brasil que, na época foi presenteado à Bambulu Sena Mvula, sua segunda Divindade, já que a sua primeira Divindade era Lembá.

Desta forma fica claro que, pelas origens de Manoel Nkosi, o Bate-Folha é Congo e mantém o Angola por parte de Maria Nenem (Mam’etu Tuhenda Nzambi).

 

Parte interna da Inzo Bate Folha - Mansu Bandukenke

No dia 4 de dezembro de 1929, Bernardino tirou seu primeiro barco, cujo Rianga (1º Filho da casa) foi João Correia de Mello, que também era de Lemba.

Após sua iniciação, o Sr. João Correia de Mello, passou a ser conhecido como João Lesenge, pois Lesenge era sua dijina!

 

Parte interna da Inzo Bate Folha - Mansu Bandukenke

 

Em janeiro de 1938, Tata Lesenge migra para a cidade do Rio de Janeiro

 

COMEÇA A OUTRA PARTE DA HISTÓRIA DA NAÇÃO (MBUTU) KONGO NGOLA NO BRASIL...

 

 

Comentários

Data
De
Assunto

Questionamento

Peço abenção de todos. Por favor alguém conhece a senhora Mameto Talade de Ogum. Rio de janeiro. Bairro Andrade de Araújo.

Data
De
Assunto

Minhas raizes

Boa tarde.
O meu pai de santo foi iniciado em Salvador e segundo ele minha avó é chamada laicó queria saber mais a respeito de minha família espiritual já que não tenho mais quem me informe.De que terreiro ela era . Se realmente sou de angola pq não tenho mais contato ou informações.

Data
De
Assunto

Re:Minhas raizes

Olá, tudo bem? Me chamo Tony sou de Aracaju e aqui havia uma senhora chama que era conhecida por Bilina por dijina Laicó (in memorian). Será que é a mesma pessoa? A mesma foi iniciada pela saudosa Manadeuí (Mãe Nanã de Aracaju) .

Data
De
Assunto

Informações

Boa tarde estou tentando descobrir a minha ligação de santo com o bate folha , pois pelo q me consta a nossa raiz esbarra na casa da senhora Durvalina Martins Moncorvo , vila canária salvador e gostaria de saber qual a ligação dessa casa com o bate folha já que a casa (Abaçá Nzazi Mucundê ) foi fundada em 1916

Data
De
Assunto

Re:Informações

Desculpa, a casa de Dona Durvalina foi fundada em 1933 e não em 1916 como eu citei

Data
De
Assunto

informação

Boa tarde.

Estou me iniciando no candomblé, aqui em Atibaia/SP.
Frequento o terreiro do Pai Amaro que tem como tataravó de santo Nanã de Aracajú.
Nanã de Aracajú tem como feitorio um pai de santo chamado Zequinha do Pará (OIÁ-DIDÊ).
Gostaria de presentear meu pai, Pai Amaro, com uma foto do pai Zequinha (ou Zeca) do Pará.
Poderiam ajudar a encontrar uma foto.

Grato
Kleber

Data
De
Assunto

Re:informação

Conheço toda a história de seu Zeca do Pará, ele era filho de Oya, O ORIXÁ DELE AVISOU QUE O MATARIA, ANTIGAMENTE ORIXA NÃO ACEITAVA SEXUALIDADE DE SEUS SACERDOTES OUTRA HORA TE CONTO COM DETALHES MINHA MÃE PEQUENA TEM 86 ANOS E VIVA E LÚCIDA, NASCEU EM NHAMBUPE/BA CRIOU SE AO LADO DE SEU ZECA DO PARÁ, INCLUSIVE A MÃE BIOLÓGICA DELA FALECEU HÁ POUCOS ANOS COM 110 ANOS ERA FILHA DE SEU ZECA DO PARA....ESTA SENHORA ESTÁ NA ZONA LESTE DE SP NO BAIRRO DE VILA INDUSTRIAL SOU O 4º EXU DE SÃO PAULO HÁ 36 ANOS! MEU ZAP 11 94538 9304

Data
De
Assunto

Re:Re:informação

Zeca do Pará ou Oia Didê foi iniciado por quem?!

Data
De
Assunto

Re:Re:Re:informação

OI JULIANO.

VOCÊ TEM INFORMAÇÕES SOBRE ZECA DO PARÁ?
ESTOU A PROCURA.

Data
De
Assunto

Re:Re:informação

OI. BOM DIA.

FIQUEI MUITO SATISFEITO AO VER SEU CONTATO.
TENHO PROCURADO POR INFORMAÇÕES SOBRE ZECA DO PARÁ, MAS NADA ENCONTRO.
TENHO UMA INFORMAÇÃO, MAS ME PARECE IMPRECISA, DE QUE ELE TINHA UM TERREIRO EM ALAGOINHAS,BA, NA RUA SANTA TEREZA.
VASCULHEI, MAS NADA ACHEI.

VOU ENTRAR EM CONTATO COM VOCÊ PELO ZAP QUE ME PASSOU.
QUAL SEU NOMEW

1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Pesquisar no site

© 2010 Todos os direitos reservados.